CORES DOS CAPACETES

SIGNIFICADO DAS CORES DOS CAPACETES NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Quando entramos numa obra, nota-se que todas as pessoas que circulam por ali usam equipamentos de proteção individual, o EPI. Um fator muito curioso, que as vezes passa despercebido, são as cores dos capacetes na construção civil.

Ao entrar num canteiro de obras, é comum se deparar com vários profissionais executando tarefas distintas. Para identificar quais as responsabilidades de cada um, a maioria das construtoras estabelece um padrão de cores nos capacetes. Veja como funcionam as diferentes cores de capacete na construção civil.

NOTA: As diferentes cores dos capacetes que ajudam a identificar a função de cada profissional não possuem nenhuma normativa especifica. Ao longos dos anos as construtoras definiram um padrão de cores que é muito comum em vários canteiros de obras.

Confira as cores dos capacetes de acordo com tipo de profissional

Branco ou cinza: Engenheiros/Estagiários/Técnico/Mestre de obras/Encarregados

Preto: Operadores de maquinas/Técnicos de Segurança do Trabalho

Vermelho: Bombeiro

Verde: Servente/operários/Armadores

Castanho: Carpinteiros

Azul: Pedreiros

Laranja: Eletricistas

Amarelo: Visitantes

ALGUMAS RECOMENDAÇÕES E INSTRUÇÕES DE USO DOS CAPACETES

1 – Os capacetes de proteção para a indústria/construção destinam-se essencialmente a proteger o utilizador das quedas de objetos e lesões cerebrais e fraturas do crânio que daí possam advir. Para assegurar uma protecção eficaz, os capacete deve ser utilizado com a viseira orientada para diante e na posição direita. Deve ser ajustado de acordo com o tamanho da cabeça do utilizador (nem excessivamente apertado nem excessivamente folgado). Ajustável do 53 ao 63 cm de tamanho de cabeça.

2- Os capacetes são concebido de modo a que a energia desenvolvida aquando de um choque seja absorvida pela destruição ou a deterioração parcial da calota e do arnês, mesmo se essas deteriorações não são imediatamente aparentes, recomenda-se substituir qualquer capacete que tenha sido sujeito a um choque importante.

3- Chama-se ainda a atenção dos utilizadores para o perigo da alteração ou eliminação de um dos elementos de origem do capacete de proteção, exceto as alterações ou eliminações recomendadas pelo fabricante do capacete. Os capacetes não devem, em caso algum, serem adaptados para a fixação de acessórios, seguindo um procedimento não recomendado pelo fabricante do capacete.

4- Não aplicar tintas, solventes, adesivos ou etiquetas autocolantes, exceto aqueles recomendados nas instruções do fabricante.

5- Se o capacete ficar sujo ou contaminado, especialmente na superfície externa, deve ser cuidadosamente limpo de acordo com as seguintes recomendações (manutenção/armazenamento) do fabricante.

6- O tempo de vida útil do capacete é afectado por vários factores tais como o frio, o calor, produtos químicos, a luz do sol ou uma utilização incorrecta. Deve ser efectuado um controle diário antes de cada utilização afim de detectar qualquer sinal de fragilização (rachas ou fracturas) sobre o capacete, o arnês e acessórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *